Carteira Bitcoin

Proteja seus ativos

Proteja seus Bitcoin ativos com a carteira hardware mais confiável. Carteiras de armazenamento frio são normalmente dispositivos encriptados que armazenam ativos Bitcoin dos usuários offline, fornecendo uma camada de segurança contra as ameaças emergentes, que surgem ao se conectar à internet.


Segurança
de última geração


Simplicidade


Multimoeda

Descubra nossas carteiras

Como gerenciar Bitcoin com dispositivos Ledger

Proteja sua

Proteja vários ativos, incluindo Bitcoin usando uma carteira hardware Ledger.
Suas chaves privadas, que dão acesso aos seus ativos, permanecem seguras em um chip seguro certificado.

Ledger Nano S

Ledger Nano S

Proteja seus ativos Bitcoin com a primeira e única
carteira Bitcoin certificada de forma independente do mercado.

Saiba mais
Ledger Nano X

Ledger Nano X

A Ledger Nano X é um dispositivo seguro habilitado com Bluetooth® e
premiado com o CES award que protege seus ativos Bitcoin

Saiba mais

Como administrar sua Bitcoin (BTC)

Ledger Live

Gerencie diretamente seu Bitcoin com a Ledger Live, nosso aplicativo desktop e móvel. Verifique seu saldo em tempo real, envie e receba seu Bitcoin e mais de 5.500 outros ativos diretamente no Ledger Live.

Descubra o Ledger Live

Elogiada por nossa comunidade

Veja mais

O que é Bitcoin (BTC)

O Bitcoin [BTC] foi a primeira criptomoeda descentralizada, introduzida por uma pessoa ou grupo de pessoas desconhecidas sob o nome de “Satoshi Nakamoto” no famoso whitepaper “Bitcoin: Um Sistema de Dinheiro Eletrônico Peer-to-Peer”. O Bitcoin foi a primeira moeda a existir apenas eletronicamente. Foi lançado como um software de código aberto, o que significa que qualquer pessoa pode examinar o código e participar da rede Bitcoin.

Recursos Bitcoin (BTC)

9411

O BTC é agora a maior criptomoeda em termos de capitalização de mercado, além de ser a mais negociada. Sua oferta total máxima é limitada a 21 milhões de Bitcoins.

Histórico

A ideia veio originalmente de Satoshi Nakamoto, que produziu o white paper original do Bitcoin, descrevendo os princípios por trás de uma moeda totalmente eletrônica e independente de quaisquer bancos, governos ou outras autoridades centrais. O primeiro bloco minerado, também conhecido como bloco gênesis, continha uma referência ao sistema bancário de reserva fracionária ao qual o Bitcoin foi projetado para ser uma alternativa.

Mineração e Como Funciona a Rede Bitcoin.

O objetivo da rede Bitcoin é permitir que os usuários enviem Bitcoins uns para os outros. A mineração mantém o processo do Bitcoin seguro adicionando novos blocos cronologicamente (cada bloco contém várias transações) à cadeia. O Bitcoin depende da “prova de trabalho” como algoritmo de consenso. Os mineradores ajudam a verificar todas as transações resolvendo um cálculo criptográfico e, em seguida, adicionam o bloco de transações verificado ao registro distribuído. O sistema de recompensa integrado do Bitcoin compensa os mineradores bem-sucedidos com alguns Bitcoins. O Bitcoin é a primeira blockchain criada com base em prova de trabalho. Desde então, esse mecanismo se espalhou tornando-se amplamente utilizado em muitas criptomoedas.
As transações são conectadas ao endereço Bitcoin do usuário, que é derivado da chave privada do usuário. Uma transação na blockchain do Bitcoin pode ser vista como uma transferência de valor entre carteiras Bitcoin. Na realidade, ela é mais semelhante a uma transferência de propriedade, na qual um destinatário no Bitcoin recebe o direito de usar Bitcoins recém-adquiridos usando sua própria chave privada. As chaves privadas são necessárias para assinar a transação e atribuir a nova propriedade. A assinatura também impede que a transação seja alterada por outras pessoas depois de emitida. Todas as transações de Bitcoin são mantidas publicamente na rede para sempre, o que significa que o saldo e as transações de qualquer endereço Bitcoin podem ser consultados por todos.
Um node na rede Bitcoin é simplesmente um computador que executa o software Bitcoin. A rede Bitcoin conta com milhares de nodes ativos em todo o mundo, com a maior concentração nos Estados Unidos.
A oferta total de Bitcoins está limitada a 21 milhões, sendo que entre 4 e 6 milhões já são considerados inutilizáveis devido à provável perda das chaves privadas associadas.

Algoritmo e Dificuldade de Hashing do Bitcoin

Na rede Bitcoin, um bloco é minerado a cada dez minutos. O prazo exato depende da eficiência da rede de nodes global de mineração. O Bitcoin usa a função de prova de trabalho Hashcash e, quanto mais nodes estiverem trabalhando para encontrar a solução do quebra-cabeça criptográfico, mais rápido a solução será encontrada. Para manter o tempo de bloco normal de 10 minutos, o algoritmo de dificuldade de hashing é ajustado a cada duas semanas.
O sistema de prova de trabalho do Bitcoin está usando muita energia e o consumo de energia elétrico aumenta quanto maior o uso da rede. Os críticos do Bitcoin usam esse argumento para explicar porque o Bitcoin não será capaz de escalar e ser usado como uma moeda global. Embora este seja um argumento válido, os defensores do Bitcoin argumentam que a eletricidade usada é principalmente proveniente de energia renovável e estão apostando em soluções de camada secundária, como a Lightning Network, para resolver as limitações de velocidade de transação e custo de energia.
Saiba mais sobre como comprar Bitcoin

Fique em contato

Acompanhe nosso blog para novidades. Contato de imprensa:
[email protected]

Assine nossa
newsletter

Novas moedas compatíveis, atualizações do blog e ofertas exclusivas diretamente em sua caixa de entrada


Seu endereço de email só será usado para enviar-lhe a newsletter, assim como novidades e ofertas. Você pode desinscrever-se a qualquer momento usando o link incluído na newsletter.

Saiba mais sobre como gerenciamos seus dados e seus direitos.