Halving do Bitcoin | Ganhe até US$ 50 em Bitcoin com uma carteira Ledger.

Comprar agora

Episódio 17 – Fique Rico Rápido com Cripto!

Assistir 15 min
Iniciante

Você quer saber como enriquecer rapidamente? Na cripto, há muita gente prometendo uma resposta a esta pergunta. Mas quantas dessas pessoas merecem ser ouvidas? Como diferenciar seu staking dos golpes e as pirâmides dos esquemas Ponzi, punk! Fique conosco. Vamos contar para você as cinco principais lições que milhões tiveram de aprender do jeito difícil. Bem-vindo à School of Block.

Já foi dito que a criptoesfera se parece um pouco com o Velho Oeste. E, embora o espaço tenha amadurecido nos últimos anos, ainda não há xerife na cidade junto com os assaltantes que tentarão esvaziar seus bolsos. Veremos mais sobre isso no próximo episódio. Também há muito ouro falso misturado com o valor digital de verdade. Mas quais são os indícios de uma tentativa de fraude? Bem, os golpes em cripto não são novos. Então, vamos voltar nossos olhos para a história e conferir algumas das maiores fraudes que já mancharam nossa porta, para ajudar a identificar as novas de longe.

Ainda em setembro de 2014, foi lançada a OneCoin, apresentada como a criptomoeda do futuro.
Sua fundadora Ruja Ignatova, prometeu uma revolução financeira.
Você só precisava comprar com dinheiro real e recebia uma certa quantidade de OneCoins em troca.
Em teoria, a OneCoin era uma cripto inovadora e ultrarrápida na primeira blockchain privada do mundo.
Na prática, a OneCoin não era nem mesmo um golpe cripto, já que nunca houve nenhuma criptomoeda envolvida.
A moeda nunca existiu nem a Blockchain fictícia na qual ela deveria funcionar.
E como funcionava o esquema?
Bem, você pagava seus dólares, libras ou euros, via sua conta online OneCoin ser creditada com um certo número, mas não havia absolutamente… nada por trás disto.
Era só um número inventado em um portal da web projetado para fazer você se sentir bem consigo mesmo.
E isso porque a OneCoin, assim como este bigode, era pura e simplesmente uma mentira.
Era um esquema Ponzi que arrecadou quase — Devemos pausar aqui para refletir sobre a magnitude deste número.
Cinco bilhões de dólares.
Em cerca de dois anos e meio.
Isso, cinco bilhões de dólares.
Pois bem, alguns dos personagens principais já foram presos e processados, mas a Rainha da Cripto desaparecida, que também é o título de um ótimo podcast na BBC que cobre a saga, Dra.
Ruja Ignatova, desapareceu no começo de 2017, e nunca mais foi vista desde então.
Mas a OneCoin não foi o único esquema de pirâmide a tirar proveito da falta de familiaridade das pessoas com a cripto.
Em fevereiro de 2016, foi lançado o BitConnect.
E, com ele, um milhão de memes.
Bit-Conneeeeee-ct!
A ideia por trás do BitConnect era que um bot de trading super inteligente comprava na baixa e vendia na alta do mercado de Bitcoin todos os dias.
E você só precisava comprar um pouco de BitConnect com seu Bitcoin a fim de obter exposição a este UltraBot e lucrar, com um potencial de 571% por ano.
Parece bom, né?
Bem, a diferença com a OneCoin é que o BitConnect de fato existia.
Ou pelo menos o token existia.
O bot, infelizmente, não.
Assim, o que 1,5 milhões de pessoas, como foi descoberto, realmente estavam adquirindo era, como você adivinhou, um esquema de pirâmide.
Na verdade, o BitConnect mal tentou esconder o fato, com gráficos como este, mostrando seu esquema de marketing afiliado.
Pequeninos, anúncios confidenciais.
Até 7 de janeiro de 2018, a capitalização de mercado do BCC, o token do BitConnect, era de 2,6 bilhões de dólares, onde cada token valia incríveis 432 dólares.
Mas o que os HODLers não sabiam era que os reguladores estavam indo atrás do BitConnect, e quem tinha informação privilegiada, estava a ponto de se livrar de seus tokens antes que a notícia se espalhasse.
Até o dia 18 de janeiro, o token passou a valer apenas 25 dólares.
E, pouco depois, foi deslistado de todas as bolsas de criptomoedas do mundo.
Agora, algumas destas 1,5 milhões de pessoas que adquiriram BitConnect tinham perdido todas suas economias.
Só existe uma palavra para isto.
E o BitConnect não foi o último desta raça.
Pouco depois que o FBI foi atrás dos bandidos do BCC, foi lançado o PlusToken, em abril de 2018, oferecendo pagamentos mensais a usuários de sua carteira de cripto.
Sim, isso também foi um esquema Ponzi, assim como o USI Tech, um fornecedor de trading para cripto e Forex, em Dubai.
E ainda há montes de projetos por aí tentando fazer exatamente a mesma coisa.
Mas Ponzis e pirâmides não são o único jeito de perder dinheiro ao tentar enriquecer rápido com criptomoedas.
E é aqui que precisamos falar de moedas fraudulentas.
e, minhas favoritas, as moedas meme.
Qual é a diferença entre uma moeda fraudulentas e uma meme?
Então, as fraudulentas são criptomoedas feitas para roubar dinheiro das pessoas que apoiam ou investem na moeda e redistribuir o dinheiro para seu criador.
Geralmente, são clones de uma moeda existente ou são inteiramente pré-mineradas.
Já os tokens memes, são meio que legítimos.
Eles são, essencialmente, uma piada que vai longe e passsa a ser negociada em altos volumes.
A questão é que todo mundo sabe que é uma piada.
E, conforme o preço sobe e o efeito rede domina, o valor fundamental da moeda também vai crescendo, apesar de ela ter sido feita para não ter valor nenhum.
Ela adquire poder através do poder da comunidade.
E a moeda meme mais bem conhecida, claro, é a Doge.
Ela tem uma equipe de desenvolvedores por trás, sempre refinando a tecnologia e trazendo funcionalidades ao protocolo?
Não!
Mas é uma rede relativamente rápida, protegida por prova de trabalho, assim como o Bitcoin, e altamente líquida nas corretoras?
E amada pelo povo?
Aí, sim!
E, quando falamos de tokens meme, também devemos mencionar as ações meme, Os exemplos mais recentes aqui são GameStop e AMC.
A diferença entre eles e uma moeda como a Doge?
Bem, quando o preço de uma ação meme sobe, o efeito nos negócios da empresa não chega a acontecer.
De forma que o valor da ação é essencialmente desconectado dos fundamentos base.
Sim, realmente não deveríamos ter deixado este buraco no teto.
Agora, por que estamos falando disso tudo?
Bem, porque com estes projetos vem muita hype.
As redes sociais estão repletas de histórias de quanto dinheiro dá para ganhar com elas.
É só vir conosco, a festa é incrível.
E pode ser verdade, se você tiver sido um dos primeiros.
Mas, se não, você pode estar patinando em um gelo bem fino, que separa você de um enorme lago gelado de desgraça.
Essencialmente, todos os tipos de projetos mencionados oferecem um tipo de investimento de culto.
As pessoas acreditam na narrativa, nas personalidades, na iconografia, e não necessariamente (com certeza não) nos fundamentos.
Bem, agora — O Dogefather.
Ah, OK.
Este tipo de investimento depende, frequentemente, do viés confirmativo, onde os investidores se apegam às notícias que confirmam suas crenças, e ignoram tudo que indica o contrário.
É como filtros-bolha, E, aliás, é extremamente fácil cair em algo assim quando suas redes sociais são uma câmera de eco que só te mostra um reflexo da sua perspectiva sobre o mundo.
Cripto não é a única dinâmica sociológica onde isso acontece.
É uma influência que está moldando o mundo ao nosso redor.
Fake news.
Vocês são fake news.
E é fácil demais de não ver mesmo quando está na nossa frente.
Ouvimos o que queremos ouvir.
Então, se você der sorte, você pode ficar rico… por um tempo.
Mas, se você olhar as lições da história, elas repetem a mesma coisa.
Os valores nestes tipos de projetos costumam não ser permanentes.
E, falando de movimentação volátil de preços, provavelmente precisamos falar do mercado altcoin de forma geral.
Existem mais de 10,000 tipos de tokens cripto agora listados no CoinMarketCap.
10,000!
O valor de alguns deles sobe, o de outros, desce.
Alguns sobem e descem no mesmo dia.
Bem você não precisa ir longe nos conteúdos criptos do Twitter ou do YouTube para ver shilling de tokens que com certeza vão subir 10x amanhã.
Se você não sabe o que é “shilling”, é quando alguém promove alguma coisa para fazer você acreditar naquilo.
Mas esteja ciente, se você entrar no jogo das altcoins, que os preços são altamente irracionais e altamente voláteis E o que pode parecer uma configuração perfeita, na sua escola de treinamento, pode ser destruída rapidamente por uma jogada repentina no preço de Bitcoin.
E não se esqueça do impacto que mesmo indivíduos podem ter.
É um mercado altamente reflexivo.
Elon Musk pode acordar com o pé esquerdo, uma abelha pode picar o pescoço dele, e, do nada, ele para de gostar do Doge.
E isto acaba com o mercado inteiro.
Existe um termo para este tipo de atividade do mercado.
Eu já falei dela.
A palavra é reflexividade.
É um tema grande demais para este vídeo, mas, basicamente, saiba que os preços nem sempre estão conectados aos fundamentos, pelo menos no curto prazo.
Eles ficam conectados a todo o resto que acontece.
E é por isto que esse espaço depende tanto de narrativas e memes.
Que A moeda Que foi inventada como piada de fato se torne a moeda real.
O poder de Elon Musk.
Um tweet, a moeda sobe.
Então, o Que você deve fazer?
Bem, não se apresse, faça sua própria pesquisa.
Examine os fundamentos de um projeto.
Quem são as pessoas envolvidas?
Às vezes elas são anônimas.
Isto é importante?
O que elas fizeram antes?
Há uma página no GitHub mostrando atualizações intensas, ou seja, desenvolvimento, do protocolo?
Existem grupos no Discord ou Telegram?
É possível falar diretamente com os fundadores?
Eles respondem dúvidas?
Para os melhores projetos, os que merecem o seu tempo, a resposta a muitas destas perguntas é “sim”.
E, se você não se apressar, há recompensas muito maiores em potencial.
Você pode até querer assistir o episódio 15, onde explico como as DeFi permitem que você ganhe renda passiva.
Mas, antes que eu me esqueça, e aquelas cinco principais lições da história das criptomoedas que eu prometi no começø.
E aí, Clint?
Clint e eu.
Punk.
Nah.
Número cinco.
Pergunte-se o seguinte.
Você está ficando entusiasmado demais com alguma coisa?
Está emocionalmente envolvido?
Se sim, você pode se considerar em um cassino.
É lá que você quer estar?
Se não, pode ser bom reconsiderar.
Manda ver.
Número quatro.
Olhe as comunicações do projeto.
Eles estão gastando mais no marketing do que na tecnologia?
Eles falam só do preço?
Como seus promotores se comportam nas redes sociais?
Eles postam tweets dizendo: “Você precisa comprar isto agora, vai ser incrível?” Confira isto aqui.
Isto.
Este é um diagrama para um programa de marketing afiliado, e ele faz pensar mesmo numa pirâmide, não faz?
Parte da ortografia– Parte da ortografia também parece um pouco esquisita.
O que será que isso pode ser.
Ah, aposto que está tudo tranquilo.
Número três.
O projeto passa a sensação de um fundo de nerds no vale ou uma igreja evangélica?
Bit-Conneeeeee-ct!
Ai, eles estão me chamando.
Um tema comum que vimos com golpes no passado é que eles pegam no emocional das pessoas.
Você sente coisas.
Você não pensa sobre elas emocionalmente ou racionalmente.
O projeto faz isso tudo e pede que você acredite?
Se sim… corra!
Número dois.
Esvazie sua cabeça de todas as ideias de preço ou valor e faça algumas perguntas práticas a si mesmo.
A mecânica do modelo de negócios faz sentido?
A oferta parece boa demais para ser verdade?
Parece que todos os outros estão enriquecendo?
A equipe fica postando sobre outras pessoas fazendo festa, ou comprando Lambos e Rolexes?
Postam tweets todos em maiúsculas?
Você pode ver você mesmo onde estão os sinais de alerta nisso.
E sim, é claro, alguns projetos legítimos podem fazer uma ou duas destas coisas.
Não estamos julgando ou dando orientação de investimento.
É só que, você começa a sentir um cheiro… sabe o que quero dizer?
Só estamos avisando quais são os sinais de alerta e, se você notar vários deles, adapte seu comportamento.
E, como sempre, atenção, consumidor.
O maior de tudo em todo o mundo das criptos, não só os golpes, os esquemas Ponzi, os memes, as alts.
Estamos falando de… Ótimo.
Número um.
As criptomoedas significam liberdade, e a liberdade tem vantagens, mas também tem seus riscos.
E, como seria de se esperar, sem autoridade central para aconselhar você.
Então, é sua missão fundamental— Ei, você ouviu isso?
Sua missão é proteger seu dinheiro, e a primeira e melhor maneira de fazer isto é controlar sua FOMO.
E, se você não sabe o que é síndrome de FOMO, ela é a ansiedade de ficar de fora.
Quer dizer que alguém outro está ficando rico e você, não, você quer isso também, e fará qualquer coisa para chegar lá.
Pense um pouco.
Sempre há mais tempo do que você acha para pensar.
Sempre.
Assim, da próxima vez, vamos dar algumas dicas de como tomar decisões melhores que levam a resultados melhores.
Até lá, não faça nada que eu não faria.
Você assistiu School of Block, apresentada por Ledger e The Defiant, desmistificando a descentralização um bloco por vez.
Não se esqueça de se inscrever.
Deixe seu like, se é disso que você gosta, e, como sempre, à sua liberdade financeira Punk!


Fique em contato

Acompanhe nosso blog para novidades. Contato de imprensa:
[email protected]

Assine nossa
newsletter

Novas moedas compatíveis, atualizações do blog e ofertas exclusivas diretamente em sua caixa de entrada


Seu endereço de email só será usado para enviar-lhe a newsletter, assim como novidades e ofertas. Você pode desinscrever-se a qualquer momento usando o link incluído na newsletter.

Saiba mais sobre como gerenciamos seus dados e seus direitos.