A Diferença Entre Moedas e Tokens

Ler 3 min
Moedas e Tokens
Pontos Principais
— Moedas são qualquer criptomoeda que tenha uma blockchain independente (Bitcoin, Ethereum, XRP…)
— Altcoins são consideradas como moedas que não são o Bitcoin.
— Tokens são criptomoedas que não possuem blockchain própria, mas vivem em outras blockchains. Dessa forma, eles se beneficiam da tecnologia da blockchain em que vivem. (Tokens ERC-20…)

Usamos a palavra cripto para abranger uma infinidade de moedas, mas na verdade há uma diferença entre moedas e tokens. Vamos olhar mais de perto.

Entrar no mercado de criptomoedas pode ser uma tarefa complicada e assustadora. Você já deve ter ouvido falar de Bitcoin, mas e os outros milhares de moedas e projetos blockchain por aí?

Para compreender melhor os mercados de criptomoedas, é mais fácil classificar as criptomoedas em duas categorias distintas: moedas e tokens.

Moedas

Moedas referem-se a qualquer criptomoeda que tenha uma blockchain independente e avulsa, como o Bitcoin.

Essas criptomoedas são construídas do zero e a rede geral é projetada deliberadamente para atingir um determinado objetivo. Por exemplo, o Bitcoin existe como reserva de valor resistente à censura e meio de troca, que possui uma política monetária segura e fixa. O token nativo do Bitcoin, o BTC (ou seja, os bitcoins), é a criptomoeda mais líquida do mercado. Ela possui a capitalização de mercado e a capitalização de mercado realizada mais alta dentro do setor de criptomoedas.

Os projetos de moedas normalmente se inspiram em tecnologias anteriores ou em outras criptomoedas e as fundem em uma rede inovadora, que atende a um propósito específico.

Outro exemplo de moeda, o Ether (ETH) da Ethereum é a moeda nativa de uma plataforma de contratos inteligentes para criar programas de computador de uso geral, que operam em uma blockchain descentralizada. Em vez de se concentrar em dados financeiros, a Ethereum se concentra em dados de programas arbitrários que podem abranger qualquer coisa, desde jogos até redes sociais. O Ether é usado para enviar/receber, gerenciar ativos, pagar taxas de gás e interagir com aplicativos descentralizados (DApps) na rede.

Moedas

Você também já deve ter ouvido falar sobre altcoins. Basicamente, chamamos de altcoin qualquer moeda que seja uma alternativa ao Bitcoin.

Tokens

Os tokens são um recurso exclusivo de plataformas gerais de contratos inteligentes, como a Ethereum, que permitem aos usuários criar, emitir e gerenciar tokens derivados da blockchain principal.

Por exemplo, a febre dos ICO em 2017 foi alimentada pelo padrão de token ERC-20 da Ethereum, que é basicamente um protocolo para criar tokens (além do ETH) na blockchain Ethereum que podem ser trocados entre si. Os projetos anunciavam ou criavam um aplicativo na Ethereum usando contratos inteligentes e emitiam um token nativo para uso neste aplicativo, levantando fundos diretamente de investidores de ETH no processo.

Os tokens ocupam um lugar único no mercado de criptomoedas, onde funcionam como tokens “de utilidade” dentro do ecossistema de um aplicativo para incentivar determinado comportamento ou para pagar taxas. Por exemplo, o popular token ERC-20 DAI faz parte do DApp MakerDAO na Ethereum. O MakerDAO é uma maneira de os usuários acessarem instrumentos de crédito como empréstimos usando o DAI, que foi projetado para ser estável. Os tokens ERC-20 como o DAI podem ser trocados por qualquer outro token ERC-20 ou de outros padrões baseados em Ethereum (como o ERC-721), incluindo a moeda ETH.

Como resultado, os tokens existem como tokens específicos de aplicativos dentro da rede geral de uma criptomoeda ou da blockchain de uma moeda, como o DAI que existe no ecossistema da Ethereum.

Além do DAI, outros exemplos de tokens incluem Maker (MKR), 0x, Augur (REP), Komodo (KMD) e Golem (GNT).

Tokens

As moedas precisam ser trocadas entre si por meio de corretoras de criptomoedas, porque elas são construídas em protocolos de código diferentes e não padronizados. Por outro lado, os tokens na Ethereum (por exemplo, o ERC-20) podem ser trocados por meio de aplicativos internos entre si com atrito mínimo, já que são construídos em protocolos de código padronizados.

Abordar os mercados de criptomoedas é uma tarefa desafiadora, mas entender a distinção básica entre os vários tipos de criptomoedas pode ajudar você a gerenciar riscos e tomar melhores decisões em um ecossistema volátil.

Continue aprendendo! Se você gosta de aprender sobre cripto e blockchain, confira nosso vídeo da School of Block Moedas Alternativas ou Diferentes no Bloco.


Mantenha contato

Anúncios podem ser encontrados em nosso blog. Contato para a imprensa:
[email protected]