Ledger Recover by Coincover: Nunca mais se preocupe em perder o acesso aos seus criptoativos

Comece Já

Significado de IDO (Initial DEX Offering)

22 abr 2024 | Atualizado 22 abr 2024
Uma IDO (Initial DEX Offering) é um método de crowdfunding que permite que projetos de blockchain liberem suas moedas ou tokens nativos por uma corretora descentralizada (DEX).

O Que é IDO (Initial DEX Offering) em Cripto?

Imagine que você está participando de uma feira de startups, onde os fundadores apresentam suas ideias e projetos. Um dos projetos apresentados é inovador e tem o objetivo de causar impacto, mas precisa de financiamento para se tornar realidade. Em vez de procurar investidores ou obter empréstimos bancários, o(s) fundador(es) oferece(m) um token a qualquer pessoa que contribua. Os detentores dos tokens podem utilizá-los para acessar benefícios ou serviços quando o projeto for concluído. Esse método de captação de recursos é semelhante à IDO no universo cripto.

Uma IDO (Initial DEX Offering, ou “oferta inicial de DEX”) é uma abordagem de crowdfunding que levanta capital de investimento de investidores comuns. Ela ocorre em uma corretora de liquidez descentralizada (DEX) por meio do uso de reservas de liquidez e contratos inteligentes.

As IDOs são uma alternativa às Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs) que permitem que novos projetos cripto lancem seus tokens em uma plataforma DEX. Nas ICOs e IDOs, qualquer pessoa pode participar do processo de crowdfunding, fornecendo liquidez à reserva e recebendo tokens em troca. As IDOs geralmente são caracterizadas pela descentralização, facilidade de uso, acessibilidade e fornecimento de liquidez.

Diferenças entre IDO, ICO e IEO

Embora o resultado de ICOs, IEOs e IDOs seja o mesmo, esses métodos de captação de recursos são bastante diferentes. Por exemplo, as ICOs não passam por nenhum processo de verificação, uma vez que o próprio projeto executa a captação de recursos. Os tokens geralmente são criados após a venda por meio do site do projeto. O projeto também gerencia os fundos dos investidores, cria e executa contratos inteligentes. Por esses motivos, golpes e rug pulls se espalharam pelas ICOs, forçando a comunidade de cripto a desenvolver métodos alternativos de crowdfunding, como a IEO (Initial Exchange Offering ou “oferta inicial de corretora”) e a IDO.

Nas IEOs, uma corretora centralizada (CEX) verifica o projeto de criptomoeda, gerencia os fundos dos investidores, cria e executa contratos inteligentes e lista o token. Por outro lado, o processo de verificação nas IDOs é realizado por uma corretora descentralizada. A DEX também é responsável pela criação e execução de contratos inteligentes e pelo gerenciamento de fundos. Durante a IDO, o contrato inteligente lida com a alocação e a distribuição de tokens com base em suas contribuições. Ele coleta fundos, geralmente na forma de uma moeda base, como o Ethereum (ETH), e calcula automaticamente os quantias de token correspondentes com base no preço ou na taxa de corretora predeterminados.

Medo de Ficar de Fora (FOMO)

FOMO, em cripto, significa "medo de ficar de fora" ou "medo de perder a chance". A sigla vem do inglês "Fear Of Missing Out", que é a ansiedade ou medo que traders experimentam quando pensam…

Definição completa

ID de Transação (TXID)

O ID da Transação (TXID) (ou hash da transação) é um conjunto exclusivo de números atribuído a cada transação verificada na blockchain.

Definição completa

Perda Impermanente

A perda impermanente (“impermanent loss”) é um risco associado à participação em reservas de liquidez DeFi. Usuários podem sofrer uma perda impermanente quando o preço de ativos depositados varia em relação ao preço no momento…

Definição completa