O Modo Mais Seguro de Usar a Phantom com a Carteira Hardware Ledger

Ler 6 min
O Modo Mais Seguro de Usar a Phantom com a Carteira Hardware Ledger
Pontos Principais:
— Phantom é uma carteira software projetada para permitir transações sem interrupções em DApps baseados na Solana

— Phantom é uma carteira de autocustódia, o que significa que as chaves privadas são suas e seus criptoativos estão totalmente sob seu controle

— Como uma carteira quente, a Phantom está sempre conectada à internet, o que significa que ela é vulnerável a hacks implantados através de malware

— Neste artigo, explicamos como usar seu dispositivo hardware Ledger com a Phantom wallet e não ter problemas com transações de DApps e manter suas chaves privadas em segurança absoluta.

Solana é a estrela em ascensão entre as blockchains, cujo compromisso com pequenas taxas de gás causou repercussão no mundo das criptomoedas.

Se você possui SOL e está ocupado explorando o maravilhoso mundo dos DApps e NFTs, provavelmente você já ouviu falar da Phantom, uma carteira de criptomoedas compatível com Solana e projetada para lidar com transações de DApps e DeFi sem problemas. Aqui, explicamos a carteira, seus principais recursos e a maneira mais segura de usá-la com sua carteira hardware Ledger.

O que é Phantom Wallet e por que usá-la?

Ter tantos DApps novos para experimentar não é ruim, mas com o mercado se desenvolvendo tão rapidamente, muitas carteiras simplesmente não estão equipadas para interagir com DApps na blockchain Solana, dificultando o acesso a esses novos serviços.

É aqui que entra a Phantom, uma carteira quente disponível para uso com a Ledger como uma extensão nos navegadores Chrome e Brave.

Acessibilidade

Phantom é uma carteira quente (uma “hot wallet”), disponível como uma extensão de navegador e projetada para interagir perfeitamente com DApps na blockchain Solana. Isso permite que você acesse o mundo em expansão da Solana, incluindo DApps, DeFi e NFTs na blockchain Solana.

Facilidade de uso

A interface da Phantom é elegante e intuitiva, o que significa que você gasta menos tempo descobrindo as coisas e mais tempo conhecendo o ecossistema de DApps. A carteira oferece um formato simples para enviar, receber e trocar suas criptomoedas (algumas trocas podem até ser feitas dentro da própria carteira) e pode ser facilmente conectada nos DApps da Solana para tornar suas transações sem atrito. Em sua interface, você pode até visualizar seus NFTs comprados.

Tela de Saldo
Tela de Troca

Propriedade de suas chaves privadas

Ter criptomoedas é ter ter total liberdade, certo? Isso significa ter controle sobre seus ativos o tempo todo. Para esse propósito, uma das principais vantagens da Phantom Wallet é que ela é de autocustódia. O que isso significa?

Muitos provedores de carteira retêm o controle das chaves privadas da sua carteira. Na prática, isso significa ceder parte do controle sobre seus criptoativos e confiá-lo à segurança da plataforma. Desse jeito não adianta, certo?

A Phantom permite que você utilize sua interface usando suas próprias chaves privadas. A plataforma nunca terá acesso aos seus dados ou fundos, o que significa que você permanece no controle de seus ativos. Isso deixa você responsável por essas chaves, o que envolve algum risco.

Por que uma carteira quente não é completamente segura

Por definição, uma carteira quente ou “hot wallet” permanece sempre conectada à internet, o que tem suas vantagens por ser conveniente de usar. Mas, como você deve saber, há uma desvantagem: qualquer coisa conectada à internet nunca é totalmente segura.

Em quantos links você clicou na última semana? E no último dia? Você pode se surpreender ao saber que um dos vetores mais comuns usados por hackers de criptomoedas é implantar malware em seu computador por meio de links maliciosos.

Após você clicar, esse malware pode espionar seu navegador para acessar suas chaves privadas e assumir o controle de sua carteira e transações, sem que você esteja ciente de sua presença. A conclusão é que, enquanto suas chaves estiverem armazenadas em um dispositivo conectado, elas estarão vulneráveis.

Ainda preocupado com aqueles links? Talvez seja hora de considerar suas opções.

Como a Ledger maximiza sua segurança com a Phantom

Você pode estar se perguntando como aproveitar os benefícios da Phantom wallet sem comprometer suas chaves privadas. Bem, você está com sorte, porque há uma maneira bem simples de fazer isso.


Adicionar uma carteira hardware, como uma Ledger Nano, permite que você faça transações com a praticidade da Phantom, sem nunca expor suas chaves privadas em um dispositivo conectado.

Como isso funciona?

Suas chaves permanecem offline

A carteira hardware Ledger armazena fisicamente suas chaves privadas e fornece um local offline para que as transações sejam assinadas com segurança. O dispositivo é protegido por um chip Elemento Seguro, conhecido por ser o chip mais confiável e seguro do mercado.

Com suas chaves privadas isoladas de seu dispositivo conectado, os hackers não conseguem visualizá-las por meio de nenhum tipo de malware, mesmo quando você assina uma transação.

Verificação em duas etapas

Além disso, ao manter suas chaves na carteira hardware Ledger, você precisará assinar fisicamente todas as transações no próprio dispositivo. Todos os dispositivos Ledger contam com uma tela confiável: uma tela que não pode ser adulterada por malware para falsificar os detalhes da transação. Isso significa a máxima transparência possível para cada transação que você faz, bem como maior segurança por meio da verificação em duas etapas.

As mesmas transações, só que mais seguras

Portanto, com a simples adição de uma carteira hardware, você pode usar a Phantom sem expor as importantes chaves privadas. Se você acha isso bom, siga o guia passo a passo que criamos abaixo para descobrir como conectar sua carteira Ledger à Phantom.

Vamos começar

Caso você esteja começando na Ledger, vamos ver um passo a passo de como configurar seu novo dispositivo. Em nossas páginas de suporte, você encontrará instruções fáceis sobre como configurar sua Ledger Nano. Feito isso, podemos começar.

1º passo. Certifique-se de ter o aplicativo SOL instalado em seu dispositivo Ledger. Se não o tiver, você pode fazer isso na seção Minha Ledger no Ledger Live, pesquisando pelo aplicativo SOL e seguindo as instruções na tela para instalá-lo. Feito isso, com o aplicativo SOL instalado em seu dispositivo hardware, certifique-se de fechar a interface do Ledger Live, pois ele pode entrar em conflito com a Phantom.

Em seguida, abra a Phantom wallet em seu navegador.

2º passo: clique no menu superior esquerdo na Phantom Wallet e encontre e clique em “Connect Hardware Wallet” (Conectar carteira hardware) no menu suspenso que aparecerá.

3º passo: quando você clicar em “Continue” (Continuar), a Phantom procurará um dispositivo Ledger conectado. Certifique-se de que seu aplicativo SOL esteja aberto em sua Ledger Nano para permitir que a Phantom se conecte.

4º passo: feito isso, você será solicitado pela Phantom a escolher a conta Ledger que você deseja conectar. Isso acontece porque, quando você configura sua carteira Ledger, ela cria automaticamente uma “árvore” de contas para você. Nesse passo, basta selecionar a conta que você usa habitualmente.

Pronto! Agora você poderá visualizar na interface da Phantom o saldo de Solana mantido pela sua carteira hardware Ledger. Isso significa que você pode interagir sem problemas com os serviços de DApps e DeFi baseados na Solana, enquanto suas chaves privadas permanecem completamente seguras em seu dispositivo hardware. Bom passeio!

Se você estiver com algum problema ou se sentir sem rumo, esta página de suporte pode responder às suas perguntas difíceis.

Explore a Solana com total segurança

A era de ouro dos DApps deu a você mais opções de como usar suas criptomoedas, mas junto com essas novas opções vêm alguns riscos. Ao dedicar um tempo para realmente entender os detalhes da autocustódia e os passos simples que você pode seguir para maximizar sua segurança, você estará verdadeiramente livre para aproveitar o ecossistema em rápido crescimento da Solana, com total conhecimento e certeza de que suas chaves privadas nunca serão comprometidas.

Conhecimento é poder.

Agora que sua Phantom Wallet está conectada ao seu dispositivo Ledger, você pode começar! Mas há mais um detalhe que você precisa saber daqui para frente.

Para concluir transações usando a Phantom e seu dispositivo Ledger, você precisará habilitar a assinatura cega nas configurações de sua conta SOL. Isso permitirá que seu dispositivo assine contratos inteligentes complexos.

Se você estiver usando DApps, a assinatura cega é um conceito importante e com o qual você deve se familiarizar. Confira nosso episódio da School of Block para obter um guia sobre a melhor forma de gerenciá-la.


Mantenha contato

Anúncios podem ser encontrados em nosso blog. Contato para a imprensa:
[email protected]