Halving do Bitcoin | Ganhe até US$ 50 em Bitcoin com uma carteira Ledger.

Comprar agora

Mundo online, chaves offline. Como a Ledger protege suas criptos.

Ler 4 min
Medium
Cinto cinza fechado em um fundo violeta
Pontos Principais:
— Criptomoedas vivem essencialmente online. As transações na blockchain acontecem pela internet. Contudo, a internet é um lugar um pouco perigoso: fundos digitais online são vulneráveis a hacking e ataques.

— As carteiras hardware são projetadas para manter as chaves privadas fora da internet e longe dos pontos de conexão online que os hackers podem alcançar. Então como as transações online podem ser assinadas?

— A Ledger usa um sistema totalmente único com o aplicativo Ledger Live e a Ledger Nano, permitindo aprovar transações em etapas separadas. Isso significa que suas chaves privadas ficam seguras. Aqui explicamos como este sistema funciona e como ele é diferente do de outras carteiras.

— Por que você faria transações de outra forma? Esta é a única maneira verdadeiramente segura de concluir uma transação cripto e aqui explicamos o porquê.

Sua casa é seu santuário. O lugar onde você guarda seus bens mais preciosos e onde você pode ter certeza absoluta de que ninguém mais pode entrar.

Então imagine trancar a porta de sua preciosa residência, deixar a chave debaixo do tapete e ir embora… já está com ansiedade?

Uma Chave Offline é a Única Chave

Pode parecer um mundo diferente, mas este cenário não está assim tão longe de como você lida com sua cripto. Quando você cria um endereço na blockchain, as chaves privadas representam a sua propriedade sobre tudo o que está ali armazenado. Se outra pessoa tiver essas chaves, pode considerar seus ativos perdidos.

E, assim como na vida real, a maioria das ameaças às suas chaves privadas vêm de oportunistas que buscam um acesso fácil ao seu endereço. Em cripto, esses oportunistas tendem a estar no meio online. Portanto, manter suas chaves em uma carteira online pode ser um convite aberto a hackers que procuram acessar seu endereço na blockchain.

Uma chave armazenada online simplesmente não é segura. E isso pode ser complicado.

Ledger: Chaves Offline, Mundo Online

Quer esteja olhando uns NFTs, usando uma corretora ou desfrutando do ecossistema crescente de DApps e das DeFi, quase tudo o que você acessa em cripto é pela internet. Tudo o que precisa é uma carteira, um pouco de cripto e aquelas chaves privadas.

E, ao menos que você viva no mundo da lua, você sabe que toda a missão da Ledger é proteger as suas chaves privadas ao armazenar suas chaves fora da internet. Mas ainda falta responder uma pergunta.

Se suas chaves estão sempre offline, como sua Ledger Nano completa transações em DApps, plataformas e marketplaces online?

Neste artigo, explicaremos exatamente como as transações acontecem dentro de sua Ledger Nano e como nosso sistema permite que você interaja com o espectro crescente de plataformas online – enquanto suas chaves permanecem offline.

O que acontece quando eu assino uma transação cripto?

Vamos começar dando um passo atrás. Falamos muito sobre cripto aqui na Ledger, mas algo em que raramente entramos é o que realmente acontece em sua carteira quando você assina uma transação. Então vamos detalhar este processo agora.

Sua Carteira em Ação

Imagine a cena: você viu o NFT que está procurando há meses e apertou o botão “comprar” na tela. O que exatamente está sendo comunicado entre a plataforma de negociação e a sua Nano?

Qualquer transação que seja tem dois elementos. Primeiro, você deve analisar os termos do acordo e se certificar de que está satisfeito com ele, dando seu consentimento nesse caso. Mas uma transação também envolve que o acordo seja finalizado e executado ativamente pela outra parte.

Como uma transação comum, as transações cripto também são divididas em duas partes:

  • A intenção: este é o detalhe da transação no qual o usuário deve concordar por meio de uma assinatura criptográfica.
  • Transmissão da transação assinada à blockchain.

Quando você faz transações online com uma carteira quente, suas chaves já estão online, portanto, estas fases podem acontecer simultaneamente.

Como o Ecossistema Exclusivo da Ledger Protege Você

Mas quando você usa um dispositivo Ledger, o processo é ligeiramente diferente. Ao invés de acontecer simultaneamente, a Ledger divide a transação entre uma parte “offline” e uma parte “online”. Fazemos isso usando dois componentes fundamentais do nosso sistema: o dispositivo Ledger e a interface Ledger Live. Vamos examinar como estes criam o ambiente mais seguro para realizar transações com cripto.

1) A Intenção

Quando você inicia uma transação, a interface da sua carteira (sua carteira quente ou o Ledger Live se estiver usando uma Nano) elabora o que é conhecido como uma intenção. A intenção é uma comunicação entre o DApp que você está usando e sua carteira. Ela contém os detalhes do contrato para que você possa verificar. É basicamente uma proposta eletrônica.

Quando você estiver usando uma carteira online, você verá a intenção exibida na interface da carteira, e concordará em assinar usando essa mesma interface. Mas com uma Ledger, há um passo extra. Afinal, as suas chaves (necessárias para verificar a transação) estão armazenadas offline.

É aqui que entra o sistema único de dois componentes da Ledger. Como você deve se lembrar do processo de configuração, o aplicativo Ledger Live é projetado para se comunicar com nosso dispositivo Ledger e isso fica evidente durante as transações. O aplicativo Ledger Live comunica a intenção (via Bluetooth ou cabo) ao seu dispositivo offline. Você verá os detalhes do que está assinando na Tela Confiável da Nano. Usando sua chave privada, você pode então assiná-la de forma criptografada dentro do dispositivo.

2) Transmissão da Transação

A partir daí, segunda fase! Embora você agora tenha assinado a intenção, a transação ainda não está completa. Para que isso aconteça, ela precisa ser transmitida de volta para a interface do Ledger Live e, finalmente, para a blockchain. Esse processo acontece online. Enquanto isso, as chaves privadas podem ficar dentro do dispositivo.

Portanto, em essência, o sistema de duas partes da Ledger divide as transações em componentes, usando a interface do Ledger Live para se comunicar com o DApp relevante e elaborar os detalhes de sua interação, enquanto o próprio dispositivo hospeda tudo relacionado às chaves e à assinatura criptografada do contrato. O resultado? Uma transação completa e sem problemas que não compromete a segurança de suas chaves. Jamais.

A Forma Mais Segura de Lidar com as Transações

Uma chave offline é a única chave! Agora que dividimos este processo em componentes, parece bastante louco que você o fizesse de outra forma. Sim, o ecossistema cripto está se expandindo a cada dia, mas isso não significa que você precise comprometer a sua segurança. E a Ledger está aqui para se certificar disso.

O telefone em seu bolso e o computador em sua mesa não protegerão todas essas importantes chaves privadas de hackers. Mas uma Ledger Nano protege, enquanto o aplicativo Ledger Live deixa você livre para explorar o universo cripto. Portanto, liberte-se, proteja-se e continue aprendendo. Quanto mais você souber, mais poderá com cripto.

Conhecimento é poder.

A segurança deve ser sua preocupação número 1 enquanto estiver usando criptomoedas. Compreender os riscos é o primeiro passo. Veja isso Episódio da School of Block com informações detalhadas.


Fique em contato

Acompanhe nosso blog para novidades. Contato de imprensa:
[email protected]

Assine nossa
newsletter

Novas moedas compatíveis, atualizações do blog e ofertas exclusivas diretamente em sua caixa de entrada


Seu endereço de email só será usado para enviar-lhe a newsletter, assim como novidades e ofertas. Você pode desinscrever-se a qualquer momento usando o link incluído na newsletter.

Saiba mais sobre como gerenciamos seus dados e seus direitos.