Halving do Bitcoin | Ganhe até US$ 50 em Bitcoin com uma carteira Ledger.

Comprar agora

Hardware Wallets vs Cold Wallets: Qual é a Diferença?

Ler 4 min
Iniciante
de última geração
Pontos Principais:
— Suas chaves privadas são vitais para seus criptoativos – e o modo como você as armazena é fundamental para a sua segurança.

— As principais ameaças às suas chaves privadas são os hacks realizados pela sua conexão de internet. Por isso, armazenar suas chaves offline é vital.

— Existem dois tipos de carteiras offline. Existem distinções importantes quando olhamos para as carteiras frias e as carteiras hardware. Entender como implementar cada uma é vital para a sua segurança.

— Uma carteira hardware que está ativa online ainda corre riscos ao interagir com contratos inteligentes. Por isso, só uma carteira de fato fria e inativa é completamente segura.

Cold wallet, hardware wallet – é a mesma coisa, não é? Na verdade, “carteiras frias“ e “carteiras hardwares“ são duas coisas diferentes, com utilidades e níveis de segurança diferentes. A parte mais interessante? Ambas podem existir dentro do mesmo dispositivo Ledger. Aqui, nós explicamos.

Se você gosta de interagir com a Web3 – participar das DeFi ou negociar NFTs – você já interagiu com um contrato inteligente com a sua carteira cripto. Na verdade, a maioria das aplicações de blockchain são construídas em contratos inteligentes. Contudo, assinar contratos na blockchain é exatamente o que parece: você está concordando com termos e condições específicos. Então, se você estiver fazendo isso com uma carteira que contenha ativos valiosos, pense duas vezes.

Você já sabe que carteira de criptomoedas diferentes de criptomoedas oferecem diferentes níveis de segurança. Por exemplo, carteiras software (que vivem conectadas à internet) são inerentemente menos seguras que carteiras hardware, que guardam as chaves privadas offline. Contudo, você sabia que o modo como você usar sua carteira hardware impacta a sua segurança?

Mas antes de falar melhor disso, vamos explorar as perguntas mais importantes. Por exemplo, o que é uma carteira hardware vs uma carteira fria – e existe ao menos uma diferença entre as duas?

Cold Wallets vs Hardware Wallets: Qual é a Diferença?

Tanto cold wallets (carteiras frias) como hardware wallets (carteiras hardware) armazenam as chaves privadas offline. Mas elas não são a mesma coisa. Para não complicar, as carteiras frias são um tipo de carteiras de criptomoedas que não se conectam com nenhuma fonte externa. Ela apenas guarda os ativos e executa transferências de envio ou recebimento com as suas outras carteiras.

Por outro lado, carteiras hardware são dispositivos físicos que guardam chaves privadas e assinam transações offline. Verdade, é muito parecido com a carteira fria. E, de fato, você já deve saber que carteiras hardware são opções populares para carteiras frias. Contudo, por mais semelhantes que pareçam, esses termos não são sinônimos.

Mas então, qual é a diferença entre elas? Bom, primeiro vamos voltar ao básico e explicar o que carteiras frias e hardware são exatamente.

O que é uma Hardware Wallet (Carteira Hardware)?

Uma carteira hardware é um dispositivo físico que armazena suas chaves privadas, as quais controlam suas contas cripto. Enquanto uma carteira hardware pode conectar-se ao seu smartphone ou computador, ela mantém a sua chave privada em um ambiente isolado e assina transações offline. Isso deixa as suas chaves privadas seguras de ameaças e golpes online.

Enquanto assinar transações de forma segura é a função principal da carteira hardware, esses tipos de carteiras também oferecem uma gama de outros benefícios. Primeiramente, elas podem gerar vários endereços ou contas em diferentes redes blockchain. Cada uma dessas contas funciona de forma separada, com uma chave privada separada. Mesmo assim, todas são protegidas por uma única frase de recuperação secreta, fácil de manejar.

Apesar de que muitos pensam que carteiras hardware são apenas para armazenamento, isso é um erro comum. Uma carteira hardware também pode facilitar a conexão com aplicativos e serviços Web3. Uma carteira hardware é um dispositivo físico multi facetado, que lhe dá custódia sobre suas chaves privadas enquanto as protege.

O que é uma Cold Wallet (Carteira Fria)?

Uma carteira fria mantém as suas chaves privadas offline e ela nunca interage com contratos inteligentes. É um tipo de carteira de criptomoedas somente para armazenamento. A única coisa que uma carteira fria faz é transferir e receber ativos. Já que ela não interage com nada malicioso, a conta fica segura de hackers online e transações maliciosas.

Enquanto carteiras frias podem ter várias formas e tamanho (como carteiras de papel, de som e mais), a escolha mais popular para armazenamento frio de criptomoedas é uma carteira hardware. Não é mistério por que são tão populares: elas são acessíveis e fáceis de usar, mesmo para iniciantes.

Como primeira opção, é fácil de usar o seu dispositivo hardware inteiro como uma carteira fria. Para isso, você só usaria o dispositivo inteiro para enviar e receber ativos, usando-o como um cofre digital.

Configurar uma Conta como Carteira Fria

Para exploradores da web3 que querem interagir com serviços e aplicativos de blockchain, criar uma “carteira fria” dentro da sua carteira hardware é uma opção melhor. Para ser claro, carteiras hardware permitem que você crie várias contas. Essas contas funcionam de forma independente no dispositivo. Ou seja, se você assinar uma transação maliciosa com uma conta, suas outras contas ficam seguras. Com esse conhecimento, você pode segregar os seus ativos dentro do mesmo dispositivo e designar uma conta específica como uma “carteira fria”.

Mas como isso funciona exatamente?

Bom, tudo o que você precisa fazer é configurar uma nova conta e usá-la apenas para enviar e receber ativos. Isso garante que ela fique completamente isolada de suas outras contas. Imagine que você se conecte a uma carteira externa e aprove uma transação maliciosa em uma conta. Neste caso, a sua “cold wallet” ficaria segura, já que a sua hardware wallet guarda as chaves de ambas as contas de forma separada.

Uma carteira fria é um ótimo jeito de garantir que você não acabe perdendo seus ativos por acidente com uma assinatura. Usando esse método, é VOCÊ quem determina quando um endereço dentro da sua Ledger vai ser frio ou não, decidindo se você vai (ou não) usá-lo para assinar uma transação.

Cold Wallets vs Hardware Wallets: Por Que Isso Importa

Carteiras hardware estão seguras de hacks online, mas elas não podem impedir você de interagir com contratos inteligentes maliciosos, agentes mal intencionados ou cair em golpes de engenharia social. Para explicar, cada vez que você assina uma transação em blockchain, você está aceitando seus termos e condições. Portanto, se você assinar um contrato inteligente malicioso com um endereço que contém criptomoedas e tokens valiosos, não há muito o que fazer. O hacker pode ser capaz de roubar seus fundos.

Claro, há vários casos em que você pode acabar assinando algo que não devia. Por exemplo, nem todos os detalhes de contratos inteligentes podem ser completamente exibidos aos usuários em carteiras hardware. Neste caso, você é obrigado a interagir com base na sua confiança, ao invés de conhecer o conteúdo daquele contrato. Além disso, mesmo que você veja os detalhes do contrato, nem todo mundo sabe o que procurar. Se você quer ter certeza do que você está assinando, verifique nosso guia sobre as funções de contratos inteligentes na Ledger Academy.

Embora existam várias ferramentas para ajudar, assinar contratos inteligentes é algo inevitável para usuários Web3 e mesmo o usuário mais experiente comete erros. Então, para se proteger, não basta só deixar suas chaves offline. Você também precisa tomar precauções para minimizar sua exposição para quando/se você tomar uma má decisão. Gerar uma conta para servir de “carteira fria” na sua Ledger, e só aprovar interações com outras contas, vai garantir a proteção dos seus preciosos ativos.

Hardware vs Cold Wallets: Segregar seus Ativos é Essencial

Para cada ativo da blockchain, você pode criar várias contas separadas. Cada uma delas é isolada, não sendo impactada por nada que aconteça às outras. O resultado? Se você comete o erro de assinar um contrato inteligente malicioso com a sua carteira web3 ativa, o resto dos seus ativos continua a salvo.

Quando você compra uma Ledger, você pode ter certeza de que suas chaves estarão offline a todo tempo. Mas é você quem decide o quanto de sua cripto estará exposta aos riscos envolvidos em contratos inteligentes. Você está no controle e nós estamos aqui para garantir que você entenda as suas opções. Segurança não é só esperar pelo melhor – trata-se de estar preparado para o pior, não importa quanto cuidado você tome. Ao seguir estes passos simples, você estará livre para explorar o ecossistema digital com o mínimo de preocupação!

Seja valente, proteja-se e continue aprendendo


Fique em contato

Acompanhe nosso blog para novidades. Contato de imprensa:
[email protected]

Assine nossa
newsletter

Novas moedas compatíveis, atualizações do blog e ofertas exclusivas diretamente em sua caixa de entrada


Seu endereço de email só será usado para enviar-lhe a newsletter, assim como novidades e ofertas. Você pode desinscrever-se a qualquer momento usando o link incluído na newsletter.

Saiba mais sobre como gerenciamos seus dados e seus direitos.