Tudo Sobre Bitcoin

Ler 4 min
Pontos Principais:
— O Bitcoin foi lançado em 2008 e é a primeira moeda digital descentralizada do mundo. Sua rede é executada e mantém valor de forma autônoma, nenhum estado ou banco central está envolvido
— O Bitcoin é alimentado pela blockchain, um livro-razão digital que está disponível para qualquer pessoa ler e que não pode ser alterado. Isso permite que a rede funcione sem qualquer entidade central
— O protocolo de consenso da rede Bitcoin é a prova de trabalho. Este é o mecanismo pelo qual os nodes da rede validam as transações
— Como o Bitcoin existe em uma rede blockchain sem confiança (que não precisa de uma autoridade central para rastrear as transações de maneira confiável), ele revolucionou a maneira como transferimos valor ao possibilitar transações peer-to-peer

Descrito pela primeira vez no white paper de Satoshi Nakamoto em outubro de 2008, o Bitcoin é a primeira criptomoeda de sucesso já criada. E até hoje, ele ainda é, de longe, o líder do mercado. É por isso que vale a pena dar uma olhada mais de perto. A seguir, você aprenderá o que é Bitcoin, como ele funciona e alguns de seus casos de uso populares. Vamos aos fatos!

Elementos Chave do Bitcoin

Como você deve se lembrar, no artigo anterior falamos um pouco sobre por que o Bitcoin foi tão importante e os problemas que ele resolveu.

Como desejado por seu misterioso criador Satoshi Nakamoto, um elemento chave do Bitcoin é sua natureza descentralizada, que garante que nenhuma entidade possa controlar, regular ou limitar o acesso à sua rede. Mas ele oferece muito mais do que apenas isso.

O Bitcoin possui uma combinação única de atributos-chave que o diferencia do dinheiro tradicional e outros ativos. Aqui vai uma maneira simples e memorável de explicar esses atributos: o bom e velho, mas eficaz acrônimo.

Vamos? Eeeee um, dois e…

Bancos Nunca Mais

O Bitcoin é o primeiro sistema financeiro a oferecer com sucesso uma rede totalmente peer-to-peer. Graças à tecnologia blockchain, ele foi a primeira criptomoeda que superou o até então insolúvel problema do gasto duplo. Isso significa que com BTC – e criptomoedas em geral – você não precisa confiar seu dinheiro e transações a bancos ou outras instituições. Você pode negociar livre e diretamente com qualquer pessoa ao redor do mundo.

Impossível de hackear

A descentralização é essencial para a autonomia das redes blockchain (e do Bitcoin) porque aumenta sua segurança e as torna praticamente imunes a interferências.

Vamos ver um exemplo. Em um ambiente centralizado como um banco ou reserva, se um computador for hackeado, tudo pode ser perdido porque o sistema possui um núcleo central onde as informações cruciais são armazenadas e gerenciadas.

Mas em uma rede descentralizada como a blockchain, o controle da rede está espalhado por vários milhares de nodes globalmente. Para impactar essa rede seria preciso assumir mais de 51% do controle dela. Um hacker precisaria atacar muitos computadores diferentes para assumir o controle, o que é praticamente impossível. Como todas as transações são validadas pela comunidade na rede, não há possibilidade de fraude. Se houver uma transação falsa, ela será rejeitada. Dessa forma, você pode ter certeza de que essa é uma maneira segura de transferir seu dinheiro. É simplesmente impossível de hackear.

Transações Rápidas

As transações de Bitcoin podem ser enviadas quase instantaneamente de qualquer lugar do mundo para qualquer país, independentemente das fronteiras. As transações nacionais e internacionais levam o mesmo tempo e custam as mesmas taxas. Além disso, enquanto as transações internacionais tradicionais levam de 1 a 4 dias úteis, uma transação de BTC leva cerca de 10 minutos para ser concluída.

Clareza e Transparência

Por ser totalmente de código aberto, o Bitcoin promove a transparência. Isso significa que todas as pessoas podem conferir seu código e verificar como ele funciona. Todas as transações também estão disponíveis publicamente na blockchain, o que significa que você pode verificar todos os dados relacionados às suas contas e saldos de Bitcoin.

O controle volta a você

Com o Bitcoin, não há autoridade central que possa dizer o que você pode e o que não pode fazer com seu próprio dinheiro. Ao contrário do dinheiro que você deixou aos cuidados de uma instituição financeira, com o Bitcoin você pode ter controle total de seus próprios fundos, mantendo a propriedade completa sobre seu dinheiro graças à sua carteira de Bitcoin. Sem abuso de autoridade. Sem abuso de confiança.

Incógnito

Embora as transações de Bitcoin sejam públicas, você age por trás de um pseudônimo quando transaciona. Os endereços usados no Bitcoin são sequências de dados que, por si só, não podem indicar um único indivíduo. Vale a pena notar que, ao comprar suas primeiras moedas, normalmente você terá que fornecer alguma identificação do mundo real. Isso poderia, em teoria, ser usado para vincular você às transações que emanam dessa primeira carteira. No entanto, dentro da própria blockchain, você pode negociar como quiser sem que nenhum dado pessoal seja envolvido.

Não é só especulação

O Bitcoin não é apenas um ativo especulativo. Ele foi concebido primeiramente como um meio de pagamento, umdinheiro digital”. Sua popularidade levou a cada vez mais aceitação e casos de uso. Incluindo a compra de bens e serviços, de pizzas a Lamborghinis. A primeira coisa comprada com Bitcoin foram duas pizzas! Na época, elas custaram cerca de US$ 40. Hoje, elas valem mais de US$ 200.000.000.

Veja o preço do Bitcoin hoje.

Em 2017, a frase “Bitcoin Lambo” se tornou uma gíria popular: era um sinônimo para pessoas que se perguntavam quando poderiam comprar uma Lamborghini com seu Bitcoin, depois de uma valorização meteórica naquela época. Assim surgiu a famosa gíria do mundo cripto, “When Lambo” (“Quando Lambo”).

Hoje, é possível comprar casas de luxo ou passagens para o espaço com Bitcoin, mostrando como ele se tornou um meio aceitável de liquidar grandes transações e investimentos. E embora o Bitcoin ainda não seja para todos, sua ascensão gradual à aceitação e adoção geral aponta para um futuro brilhante.

Interessado na primeira moeda digital descentralizada do mundo? Compre Bitcoin com a Ledger.

Bitcoin em ação: como funciona

Lembre-se, explicamos anteriormente como as transações na blockchain funcionam. Elas permitem trocar valor de forma peer-to-peer, transparente, segura e anônima, livre do controle de partes externas. Bem, o Bitcoin – ou BTC – funciona da mesma forma. Vamos revisar as etapas:

Nenhuma novidade até agora. Mas para dominar o Bitcoin é necessário entender a prova de trabalho, ou seja, o processo – ou protocolo – usado pela rede Bitcoin para verificar e validar transações. Esse protocolo pode ser variar entre uma criptomoeda e outra, de acordo com as regras de suas blockchains.

A Prova de Trabalho Explicada

O sistema de prova de trabalho valida novas transações incentivando os mineradores a resolver cálculos incrivelmente complexos – como um enorme sudoku – para verificar os blocos antes de adicioná-los à blockchain. O minerador que resolver o cálculo mais rápido adiciona o novo bloco à cadeia e é premiado com uma quantia de BTC por fazer isso. Esse processo é chamado de mineração.

Por que usar esse sistema competitivo? Porque no processo de competição para resolver o novo bloco, os mineradores fornecem seu poder computacional combinado à rede Bitcoin, o que confere estabilidade, segurança e descentralização à rede. De fato, se um minerador estiver agindo maliciosamente ou for comprometido, todos os outros participantes da rede ainda verificariam a correção das transações e só permitiriam que blocos corretos fossem adicionados à cadeia. Assumir o controle de mais de 50% da rede para anular esse consenso exigiria tanto poder que isso seria praticamente impossível para qualquer hacker. Este é o argumento do sistema de prova de trabalho.

Agora que você já sabe o básico… o próximo passo é seguir em frente

Pronto, este foi seu primeiro curso intensivo sobre os fundamentos do Bitcoin! Ainda não cobrimos tudo, mas você já sabe o suficiente para continuar aprendendo e talvez até para obter Bitcoin por conta própria. Você também está em boa forma para continuar sua jornada cripto com… as outras criptomoedas! E, claro, a Ledger Academy pode ajudar você com isso, então continue lendo.

Conhecimento é poder.

Então continue aprendendo! Se você gosta de aprender sobre criptomoedas e blockchain, confira a nossa School of Block e descubra por que o Bitcoin está na boca do povo.


Mantenha contato

Anúncios podem ser encontrados em nosso blog. Contato para a imprensa:
[email protected]