Ledger Recover by Coincover: Nunca mais se preocupe em perder o acesso aos seus criptoativos

Comece Já

Emprestar sua Cripto

Ler 5 min
Medium
Pontos Principais:
— À medida que mais usuários se voltam para formas de negociar valor sem intermediários, a demanda por plataformas descentralizadas de empréstimo (chamadas de protocolos) está crescendo rapidamente. Estas plataformas permitem a usuários tomar dinheiro emprestado usando suas criptomoedas como garantia ou gerar receita emprestando criptoativos.
— Mesmo que você possua stablecoins como USDT ou USDC, você pode emprestá-las e obter retornos sob a forma de juros.
— Há várias maneiras de emprestar seus criptoativos, mas a mais segura é emprestar diretamente de uma carteira hardware.

Os empréstimos de criptos podem permitir que você multiplique seus ativos sem muito esforço ou risco. Veja aqui como emprestar suas criptos.

Staking é algo incrível. No nosso artigo anterior, falamos do nosso guia de como aplicar cripto em staking para aumentar seu patrimônio. Mas isso não é tudo. Se você se lembra, dissemos que existem várias maneiras de fazer isso sem muito esforço. Assim, neste artigo, vamos explicar o conceito de empréstimo de cripto e como você pode fazê-lo para gerar um fluxo de receita adicional.

Tomar e conceder empréstimos já é parte da nossa infraestrutura econômica há muito tempo. Entretanto, conforme as criptomoedas mudam a forma como estamos negociando valor, temos agora uma alternativa àquele paradigma tradicional e não lucrativo. Chamamos de Finanças Descentralizadas, ou DeFi para os íntimos.

Se você possui criptomoedas ociosas em sua carteira, você pode emprestá-las diretamente a outros usuários de cripto e ganhar altas taxas de juros em retorno.

Quer saber mais? Vamos a fundo.

Por que tomar ou conceder empréstimos cripto?

Pense na palavra “empréstimo”. O que você vê? Uma fila de banco? O rosto de um gerente que mal ouve o que você tem a dizer? Muita, muita papelada? Ou, na pior das hipóteses, você vê o banco usando seu dinheiro para sancionar empréstimos e obter lucros enquanto você só receba uma merreca.

Seja o que for, sem dúvida não é nada agradável.

Em um mundo cheio de pessoas que querem serviços fáceis de acessar e nos quais elas sejam bem tratadas, a forma tradicional de obter um empréstimo de um banco certamente não agrada a muitos.

É uma experiência terrível, até mesmo para aqueles que guardam dinheiro nesses bancos. Os bancos emprestam seus fundos aos tomadores de empréstimo e compartilham apenas uma parcela insignificante dos juros que ganham com isso.

Por essas razões, temos uma demanda crescente por plataformas que possam oferecer empréstimos instantâneos com o mínimo de burocracia.

E você já sabe o que vamos dizer. Cripto resolve esse problema.

Os protocolos DeFi ganharam muita exposição nos últimos tempos. Eles permitem a usuários fazer empréstimos instantâneos sem ter que esperar em uma fila, ler contratos de 50 páginas ou assinar centenas de documentos.

Nessas plataformas, contratos autoexecutáveis, chamados contratos inteligentes, substituem intermediários como os bancos. Eles permitem que indivíduos emprestem e peguem criptomoedas emprestadas diretamente uns dos outros.

Como seu nome sugere, contratos inteligentes são codificados de forma inteligente para lidar com a operação de emprestar e tomar dinheiro emprestado sem interferência humana. Isso significa que o processo será totalmente automatizado e que você receberá a maior parte dos juros que sua cripto render.

O empréstimo é a melhor maneira de gerar receita passiva se você é alguém que quer investir em ativos menos voláteis. Você pode possuir stablecoins e emprestá-las para fazer de 1 a 11% APY. Às vezes até mais.

Oi? Até 11% ou mais? Sim. Exatamente.

Mas os seus fundos estão seguros na ausência de um intermediário para responsabilizar todas as partes envolvidas? Como você sabe que um tomador de empréstimo não vai pegar seu dinheiro e fugir? É aqui que os empréstimos com garantia entram em jogo.

O que são empréstimos com garantia?

Exceto por alguns bons amigos, dignos de um lugar especial no paraíso, ninguém emprestaria dinheiro sem um colateral que garanta a segurança de seus fundos. Por exemplo, se você for a um banco em busca de um empréstimo para construir uma casa em um terreno que você possui, o banco poderá usar o terreno como garantia ou colateral. Ao fazer isso, o banco pode ter certeza de que, caso você não faça seus pagamentos, eles terão o direito legal de reivindicar sua terra e recuperar o dinheiro deles.

Embora não estejamos falando de empréstimos bancários, os empréstimos com garantia no mundo cripto funcionam da mesma forma. No entanto, ao contrário dos bancos, a maioria das plataformas de empréstimo cripto trabalha com empréstimos com garantia excessiva, ou sobre-garantias. Por exemplo, o protocolo de empréstimo Compound exige que você garanta seu empréstimo com um mínimo de 150% de Ether (ETH). Assim, se um tomador tivesse que pedir US$ 1.000 emprestado, seriam bloqueados pelo menos US$ 1.500 em ETH como garantia.

Além disso, há uma penalidade adicional para os tomadores caso o valor bloqueado em ETH caia abaixo de 150% do valor total emprestado. Para evitar esta penalidade, os usuários muitas vezes garantem seus empréstimos muito acima do mínimo exigido.

Esta super-colateralização de empréstimos garante a segurança dos fundos emprestados mesmo que o tomador não consiga pagar o empréstimo.

Bem, isso parece ter “segurança excessiva” agora.

Já está com vontade de abandonar parcialmente seu banco? Vai com calma. Vamos ver como você pode emprestar sua cripto e multiplicar seus ativos, sem um banco.

Veja aqui como emprestar sua cripto.

Tudo pronto para começar a emprestar sua cripto, ganhar um fluxo de renda extra e multiplicar seus ativos? Você pode fazer isso de várias formas. Escolher a forma que mais se adapta às suas necessidades vai fazer sua vida mais fácil.

Protocolos descentralizados tais como Compound ou Aave emprestarão sua cripto com uma taxa de juros definida. Uma vez lá, você pode transferir a cripto que você deseja emprestar e esperar que ela gere juros para você. Como não há intermediários envolvidos para manter registros, o contrato inteligente atribui a você títulos que atuam como prova do valor emprestado. Por exemplo, o Compound oferece cTokens para as criptomoedas que você empresta. Mais cTokens são adicionados à sua carteira quando a quantia emprestada ganha juros.

Se tudo isso parecer um pouco complexo demais, você também pode emprestar suas criptomoedas em plataformas centralizadas. Mas de novo, como sempre dizemos, com entidades centralizadas, você não possui suas criptomoedas de verdade e elas podem cobrar uma taxa de serviço.

E como eu recolho meus juros?

Simples. Se você estiver usando o Compound, por exemplo, você pode enviar o cTokens de volta ao contrato inteligente. Nisso, o contrato devolverá suas criptomoedas iniciais juntamente com os juros que você ganhou. Depois disso tudo, a decisão de como emprestar sua cripto para multiplicar seus ativos ainda é sua.

O empréstimo é apenas uma pequena parte de uma grande revolução DeFi. Que fique de aviso: ainda tem muito mais pela frente. Você ouviu primeiro aqui. Vamos conferir nosso episódio da School of Block sobre as DeFi para ver exatamente aonde estamos indo!

Aviso legal: Trocar, emprestar e outros serviços de transação de criptomoedas são fornecidos por provedores terceirizados. A Ledger não dá conselhos nem recomendações sobre usar esses serviços de terceiros.


Stay in touch

Announcements can be found in our blog. Press contact:
[email protected]

Subscribe to our
newsletter

New coins supported, blog updates and exclusive offers directly in your inbox


Your email address will only be used to send you our newsletter, as well as updates and offers. You can unsubscribe at any time using the link included in the newsletter.

Learn more about how we manage your data and your rights.